Abrem causa de beatificação de Frei Modestino, filho espiritual de Padre Pio

Igreja

A causa de beatificação de Frei Modestino de Pietrelcina, filho espiritual de Pe. Pio, foi aberta em San Giovanni Rotondo, no dia 14 de setembro, dia em que se inicia a novena em preparação à festa de São Pio de Pietrelcina.

Trata-se do começo da fase diocesana na qual membros do tribunal e da comissão histórica estudarão a vida e as virtudes heroicas do frei capuchinho Modestino.

Por este motivo, foi celebrada uma solene Eucaristia presidida pelo Arcebispo de Manfredonia-Vieste-San Giovanni Rotondo, Dom Franco Moscone.

No início da Missa, o ministro provincial dos Frades Menores Capuchinhos de San Giovanni Rotondo, Frei Maurizio Placentino, saudou os presentes e destacou que Frei Modestino foi “um frei menor capuchinho humilde e simples”.

“Passou sua vida em um compromisso exemplar na nossa fraternidade provincial, nas várias tarefas que lhe foram confiadas, mas, sobretudo, como testemunho direto da santidade de São Pio. Do Padre Pio, o frei Modestino certamente tirou a generosidade da escuta e o compromisso constante de rezar pelos seus irmãos”, indicou.

Além disso, o ministro provincial expressou “a alegria de toda a fraternidade, na esperança de que a Igreja inclua o irmão Modestino no registro dos santos”.

“Hoje, queremos nos lembrar que existe também um bom e belo contágio, que é o da santidade. São Pio nos lembrou que a santidade é contagiosa e queremos ser contagiados por esta santidade”, afirmou Frei Maurizio.

Por sua vez, Dom Franco Moscone, destacou na homilia que “a santidade é bela e alegre” e acrescentou que “nos encontramos com pelo menos dois, São Pio e seu filho espiritual, seu concidadão de Pietrelcina que de alguma forma o substituiu aqui em San Giovanni Rotondo, no mesmo lugar após a sua morte”.

Da mesma forma, Dom Franco recordou os trabalhos que frei Modestino realizou durante a sua vida: religioso mendicante, sacristão, ajudante na cozinha e porteiro e acrescentou que “entre as quatro imagens, a mais bela talvez seja a de um porteiro que viveu aqui em San Giovanni Rotondo, acolhendo os irmãos na porta do convento à procura de uma palavra de conforto.

“Quantas vezes a abriu e fechou, saudando os peregrinos!”, expressou Dom Franco, acrescentando que “ao abrir aquela porta se abriu o Coração de Cristo. A missão do irmão Modestino é a de porteiro do Senhor”.

Dados biográficos

Frei Modestino de Pietrelcina (Damiano Fucci) nasceu em 17 de abril de 1917, em Pietrelcina.

Em 14 de março de 1946, escolheu a vida religiosa capuchinha e ingressou no convento Morcone. Em 18 de março de 1947, emitiu os votos temporais e, em 19 de março de 1951, emitiu os votos perpétuos.

Em setembro de 1951 foi nomeado sacristão. Em abril de 1952 foi transferido para Santo Elias, em Pianisi, um ano depois voltou a Morcone e foi nomeado instrutor dos irmãos leigos.

Em 17 de janeiro de 1969 foi enviado a San Giovanni Rotondo como porteiro, depois de trabalhar em outros conventos da província religiosa: Agnone, Isernia e Pietrelcina.

Em 25 de março de 1972, foi instituído ministro extraordinário da Eucaristia.

Em 14 de agosto de 2011, morreu com fama de santidade em San Giovanni Rotondo.

Publicado originalmente em ACI Prensa. Traduzido e adaptado por Nathália Queiroz.

POR: ACI