Absurdo: Governo português quer se interferir na comunhão dos católicos

Coronavírus Igreja em Portugal

O estado português através do governo de Antônio Costa, enviou para paróquias e dioceses de Portugal, um ”folheto” intitulado “Passos para comungar”,  informando como os católicos devem comungar na época de Covid-19.

O folheto foi recebido com indignação pelos católicos portugueses pelo simples fato do estado querer impor algo em cima da Igreja, foi alvo de críticas inclusive por comentaristas de emissoras de TV.

A tentativa do estado moderno através do governo de Antônio Costa tentar impor suas medidas em cima de Dioceses, fica evidente. O comentarista da SIC, quem deve se pronunciar a respeito de questões litúrgicas é a Igreja e não o estado.

Resta saber se isso é apenas o começo…