Arquidiocese no Vietnã adverte sobre o surgimento de uma falsa devoção mariana

Igreja

A Arquidiocese de Ho Chi Minh, no Vietnã, alertou no início desta semana sobre o aparecimento de uma falsa devoção mariana e outras práticas rituais que supostamente expulsam espíritos demoníacos, segundo a UCA News.

Os bispos auxiliares da Igreja local, o bispo Joseph Do Manh Hung (que também serve como administrador apostólico) e o bispo Louis Nguyen Anh Tuan, emitiram uma carta pastoral em 22 de julho avisando que um padre na periferia da cidade de Ho Chi Mihn vem realizando “curas” freqüentadas por milhares de pessoas, católicos e não-católicos.

Os bispos disseram que o P. Joseph Tran Dinh Long abusou das celebrações da Divina Misericórdia, pondo as mãos na cabeça das pessoas e tentando “curar” as suas doenças. Além disso, foi relatado que havia permitido que as pessoas testemunhassem uma suposta cura,  relatou a UCA News  .

Eles também advertiram contra a “Mensagem da Mãe Maria”, um “movimento” de devoção mariana lançado por um leigo chamado Thomas Mary Nguyen Thanh Viet, que afirma que Mary o curou de doenças em 2010.

O grupo mariano divulgou declarações “assustadoras” que põem em perigo a fé, disseram os bispos, segundo a UCA News.

Os bispos insistiram em seguir os “principais líderes da Igreja” em vez de participar desses tipos de práticas, e exortaram à unidade dentro da arquidiocese.

O arcebispo Joseph Nguyen Chi Linh de Hue, presidente da Conferência dos Bispos Católicos do Vietnã, e o bispo auxiliar John Do Van Ngan, de Xuan Loc, chefe da Comissão Episcopal sobre a Doutrina da Fé, emitiram uma carta no mês passado pedindo Os católicos evitam as superstições, as práticas de adivinhação e abusam das crenças dos fiéis para seu próprio interesse, diz a UCA News.

Fonte: ACI