Bom Jesus dos Navegantes e Nossa Senhora da Boa Viagem são celebrados na Bahia com missas e procissões

Igreja no Brasil

No primeiro dia do ano, centenas de devotos se reuniram na Arquidiocese de Salvador (Bahia) para celebrar a festa do Senhor Bom Jesus dos Navegantes e Nossa Senhora da Boa Viagem. As comemorações deste ano contaram com o retorno da tradicional Galeota Gratidão do Povo, que tem 128 anos e recentemente passou por reforma em sua estrutura.

O Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger, presidiu a Santa Missa por volta das 8h na Basílica de Nossa Senhora da Conceição, no bairro do Comércio. Logo depois, os fiéis e religiosos seguiram em procissão com as imagens de Senhor Bom Jesus dos Navegantes e Nossa Senhora da Boa Viagem em direção ao cais do porto, localizado em frente à Basílica de Nossa Senhora da Conceição.

Por volta das 11h20, a imagem do Senhor Bom Jesus dos Navegantes embarcou na Galeota, seguindo em cortejo marítimo pelo Porto da Barra, cais do Porto e Ponta do Humaitá, até a Matriz da Paróquia Nossa Senhora da Boa Viagem. Já a imagem de Nossa Senhora voltou para a Basílica da Conceição da Praia. A origem da celebração ao Bom Jesus dos Navegantes surgiu no século XVIII, quando os marinheiros, que tinham um ritmo intenso de trabalho naquela época, começaram a pedir proteção ao Bom Jesus contra os perigos que os assombravam ao longo de suas viagens.

Na mesma época, surgiu uma das principais festas religiosas da Bahia, que até hoje atrai milhares de fiéis à igreja da Conceição da Praia no primeiro dia do ano. Tradicionalmente, a celebração é realizada em duas igrejas diferentes, a Basílica de Nossa Senhora da Conceição da Praia e a Igreja da Boa Viagem. Desde o dia 27 de dezembro de 1891, a Galeota Gratidão do Povo, construída em 1891, realiza o transporte marítimo da imagem do Bom Jesus até a igreja da Boa Viagem. (EPC)

Gaudium