Carpinteros utilizarão técnica medieval para reconstruir Notre-Dame

Igreja

Mais de um ano após o incêndio que destruiu grande parte do telhado e pináculo da Catedral de Notre Dame em Paris, os carpinteiros reconstruirão a estrutura respeitando o desenho e os materiais originais, utilizando uma técnica de carpintaria com mais de 800 anos de antiguidade.

No dia 19 de setembro, em comemoração ao Dia do Patrimônio Europeu, um grupo de 10 jovens dos “Carpinteiros Sem Fronteiras” expôs os métodos que usarão para a reconstrução da catedral.

O presidente do órgão público responsável pela reconstrução, general Jean-Louis Georgelin, indicou à Association Press (AP) que a decisão de reconstruir a catedral em sua forma original foi a correta.

“Tomamos a decisão certa ao optar por reconstruir a carpintaria de forma idêntica, em carvalho francês”, assinalou.

A possibilidade de um novo desenho para o pináculo do edifício histórico foi controversa. Os projetos propostos no concurso arquitetônico lançado pelo governo francês incluem uma piscina na cobertura e uma estufa sobre a catedral de 850 anos.

Aujourd'hui un moment très émouvant : la Ferme n°7 a été dressée sur le parvis de Notre Dame de Paris par les…

Posted by Charpentiers sans frontières – Carpenters without Borders on Saturday, September 19, 2020

Além disso, foi levantada a possibilidade de reconstruir a estrutura em cimento, como na Catedral de Nantes, que foi destruída num incêndio em 1972. No entanto, em julho deste ano, decidiu-se respeitar o desenho e os materiais originais.

Durante a demonstração, os carpinteiros ergueram uma réplica da armadura número 7, que foi construída em julho, com cordas e um sistema rústico de roldanas.

Quando a estrutura estava no alto, um carpinteiro subiu nas vigas para amarrar um galho de carvalho na parte superior da treliça triangular como um símbolo de prosperidade, uma tradição em muitos países europeus.

“É um momento para valorizar essas técnicas ancestrais que perduram. É um encontro entre o presente e o passado, e nos une às nossas raízes”, indicou à AP Romain Greif, arquiteto que foi com a sua família ver a exibição.

O presidente francês Emmanuel Macron assinalou que a catedral será reaberta em 2024 para as Olimpíadas de Paris. No entanto, muitos especialistas afirmam que este é um prazo irreal.

Na noite de 15 de abril de 2019, ocorreu um grande incêndio na Catedral de Notre Dame. O telhado e o pináculo ficaram destruídos. Logo após a meia-noite de 16 de abril, os bombeiros anunciaram que a estrutura principal da catedral havia sido preservada do colapso.

Os principais tesouros religiosos e artísticos da catedral foram resgatados e colocados em segurança quando começou o incêndio, incluindo uma relíquia da coroa de espinhos.

Originalmente construída entre os séculos XII e XIV, a catedral histórica da capital francesa é uma das igrejas mais reconhecidas do mundo e recebe mais de 12 milhões de visitantes a cada ano.

A catedral estava passando por algumas obras de restauração no momento em que ocorreu o incêndio, embora não se saiba se o fogo começou na área da obra.

Publicado originalmente em ACI Prensa. Traduzido e adaptado por Nathália Queiroz.

POR: ACI