A Questão Social: os Cavaleiros do Trabalho e a Igreja

Em fins do séc. XIX, a indústria americana começou a cortar custos, restringindo a administração, diminuindo salários, introduzindo novas tecnologias e substituindo artesãos qualificados por máquinas. Os trabalhadores americanos se recusaram a ceder ao novo regime e reagiram com uma onda de greves sem paralelo na história americana, a partir da qual despontou o sindicalismo dos Cavaleiros do Trabalho, liderados pela católico irlandês Terence V. Powderly, cuja atuação viria a influenciar na redação da encíclica Rerum Novarum, do Papa Leão XIII.

Continue lendo...