Portugal: Assembleia aprova “condenação e voto de pesar por cristãos perseguidos” na Nigéria

“A Assembleia da República manifesta o seu pesar pelos mais de 1.000 cristãos mortos em 2019 na Nigéria, vítimas de ataques do Boko Haram e de radicais Fulani e condena a perseguição religiosa feita aos cristãos por estes movimentos”. Assembleia Portuguesa aprova “condenação e voto de pesar por cristãos perseguidos” na Nigéria. Foto: Arquivo Gaudium Press Esta frase pode ser lida no texto proposto pelo por parlamentares portugueses e aprovado por unanimidade pela Assembleia no último dia 10 de janeiro.

Continue lendo...