Católicos palestinos celebraram o inicio do Advento em Belém

Igreja

Neste fim de semana centenas de cristãos locais e peregrinos celebraram o início do Advento na cidade do nascimento de Jesus. As celebrações seguem a tradição que se repete todos os anos com a entrada solene do Custódio da Terra Santa , frei Francesco Patton, na Praça da Manjedoura.

Esta entrada solene acontece três vezes ao ano (no primeiro domingo do advento, no Natal e na Epifania), a primeira parada foi no convento de Mar Elias, onde o Custódio foi recebido por autoridades civis e religiosas que seguiram em comboio até Belém passando pelo posto de controle, onde os portões próximo ao túmulo de Raquel ( que nos textos bíblicos é apresentada como a esposa de Jacó), permanece fechado durante o ano e se abre para a passagem das autoridades .Na praça da cidade, muita festa com o desfile dos escoteiros. É um evento de grande participação popular. No sábado todos participaram das primeiras vésperas do advento que terminou com a procissão na Gruta da Natividade. Como símbolo do início do Advento, a primeira vela da guirlanda foi acesa e levada para a Igreja de Santa Catarina.

Este ano, as celebrações tiveram um significado ainda mais especial com a veneração da relíquia, um pequeno pedaço da madeira da Manjedoura, um presente do Papa Francisco a Custódia da Terra Santa e que ficará definitivamente em Belém. A manjedoura onde o Menino Jesus foi colocado após o nascimento, foi doada por Santo Sofrônio, Patriarca de Jerusalém ao Papa Teodoro I entre os anos de 642 e 649 e foi sempre mantida na Basílica de Santa Maria Maior em Roma.

VATICAN NEWS