Círio de Nazaré tem programação adaptada por causa da pandemia

Igreja no Brasil

Uma das maiores manifestações católicas do mundo, o Círio de Nazaré neste ano não contará com suas grandes procissões e terá uma programação adaptada e transmitida pelos meio de comunicação, devido à pandemia de Covid-19.

Em coletiva realizada na quinta-feira, 6 de agosto, a Arquidiocese de Belém (PA) e a Diretoria da Festa de Nazaré informaram sobre como será o formato do Círio neste ano, que não contará com as peregrinações da imagem de Nossa Senhora de Nazaré pelas ruas da capital paraense.

“Para nós, o Círio vai acontecer e deve acontecer, ainda que tenhamos muitas adaptações a fazer”, declarou o Arcebispo de Belém, Dom Alberto Taveira.

O Prelado explicou que, “durante estes meses, consultamos as autoridades do Estado e do Município, constituímos uma comissão de médicos para nos assessorarem, a Diretoria do Círio de Nazaré se debruçou com seriedade, junto com os Bispos, para seguirmos todas as normas vigentes e medidas preventivas necessárias, a fim de que nossa grande festa se realize sem colocar em risco a saúde das pessoas”.

“Será necessário reduzir as ocasiões de concentração de pessoas”, pontuou o Arcebispo, ao ressaltar que “não poderemos realizar da forma costumeira as procissões que caracterizam o Círio de Nazaré, pois simplificaremos os eventos do segundo final de semana de outubro, vindo depois a se realizar a quinzena do Círio, que será a grande ocasião de evangelização e formação”.

Assim, a 228ª edição do Círio de Nazaré será apenas com programação restrita e transmitida pela TV Nazaré, Rádio Nazaré, Facebook da Fundação Nazaré e da Arquidiocese de Belém, bem como pela TV Círio, lançada na noite de quinta-feira.

Programação

Tradicionalmente, as romarias do Círio de Nazaré costumam reunir milhões de pessoas pelas ruas de Belém, sendo que a grande procissão acontece no segundo domingo de outubro e conta com um público de cerca de 2 milhões de fiéis.

Entretanto, o Círio de Nazaré vai além dessa procissão principal do segundo domingo de outubro, contando com uma programação que se estende por vários dias, incluindo Missas, momentos de adoração e 13 procissões.

Neste ano, no segundo domingo de outubro, dia 11, a festividade começará às 7h com Missa presidida por Dom Alberto Taveira; logo após haverá programação televisiva, das 8h às 10h, com documentários, entrevistas, grandes momentos do Círio, Círios antigos, testemunhos de fé e conversão, além do sobrevoo da Imagem Peregrina sobre hospitais da cidade.

No mesmo dia, às 10h, haverá o terço mariano, com Dom Taveira, seguido por programação televisiva e, às 11h30, Missa de encerramento.

Já de 12 a 25 de outubro acontece a quinzena mariana, ocasião em que a Imagem Peregrina ficará em exposição no altar central da Praça do Santuário, a partir das 12h.

“Todas as pessoas que tiverem promessas a serem cumpridas poderão fazê-lo durante toda a quadra nazarena. Um Círio diferente, tarefa de todos nós, cristãos católicos que o assumimos como missão, dando exemplo a todos de que somos capazes de abraçar também as cruzes e limitações que nos vieram durante este período!”, expressou Dom Alberto Taveira.

Para conferir toda a programação da 228ª edição do Círio de Nazaré, acesse AQUI.

POR: ACI