Cruzeiro do Alto da Sé é depredado em Olinda/PE, suspeito já está detido

Igreja no Brasil

O Cruzeiro do Alto da Sé foi depredado na madrugada deste sábado (08/07) em Olinda/PE, o suspeito foi detido com perna quebrada e está custodiado no Hospital Miguel Arraes, em Paulista.

O cruzeiro do Alto da Sé, em Olinda, foi alvo de um ato de vandalismo, na madrugada deste sábado (8). A Cruz, Símbolo da redenção da humanidade pelo Nosso Senhor, que é patrimônio histórico da cidade, fica num dos principais pontos turísticos do Sítio Histórico e foi danificada por um homem. Os blocos de pedra foram encontrados pela prefeitura ao lado do monumento.

De acordo com a prefeitura de Olinda, o responsável pela destruição foi identificado, detido e está custodiado no Hospital Miguel Arraes, em Paulista, no Grande Recife. O homem foi encontrado com uma perna quebrada e aguarda uma cirurgia na unidade hospitalar. A Polícia Federal será responsável pelo caso. A prefeitura informou que ele se machucou com a cruz danificada.

A gestão municipal não informou se sabe o motivo pelo qual o homem destruiu o cruzeiro. O homem foi identificado pela prefeitura como Alexsandro Santos Oliveira.

O caso está sendo investigado pela Polícia Federal porque o Sítio Histórico de Olinda é tombado, desde 1968, pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), e reconhecido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) como Patrimônio Mundial Cultural.

View this post on Instagram

🔴 Alerta Católico! Barbárie, a sede de destruição continua: Cruzeiro do Alto da Sé é depredado em Olinda e suspeito é detido com perna quebrada Caso ocorreu na madrugada deste sábado (8). Suspeito está custodiado no Hospital Miguel Arraes, em Paulista. O cruzeiro do Alto da Sé, em Olinda, foi alvo de um ato de vandalismo, na madrugada deste sábado (8). A Cruz, Símbolo da redenção da humanidade pelo Nosso Senhor, que é patrimônio histórico da cidade, fica num dos principais pontos turísticos do Sítio Histórico e foi danificada por um homem. Os blocos de pedra foram encontrados pela prefeitura ao lado do monumento. De acordo com a prefeitura de Olinda, o responsável pela destruição foi identificado, detido e está custodiado no Hospital Miguel Arraes, em Paulista, no Grande Recife. O homem foi encontrado com uma perna quebrada e aguarda uma cirurgia na unidade hospitalar. A Polícia Federal será responsável pelo caso. A prefeitura informou que ele se machucou com a cruz danificada. A gestão municipal não informou se sabe o motivo pelo qual o homem destruiu o cruzeiro. O homem foi identificado pela prefeitura como Alexsandro Santos Oliveira. O caso está sendo investigado pela Polícia Federal porque o Sítio Histórico de Olinda é tombado, desde 1968, pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), e reconhecido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) como Patrimônio Mundial Cultural. 👉🏼 SIGA @alertacatolico #catolico #catolicos #jesus #unidospelaeucaristiacommaria #eucaristia #oracao #deusébom #catolicosporamor #deusnocontrole #deusnocomando #voltapradeus #voltaprajesus #jesusteama #catolicismo #filhosdemaria #filhosdaimaculada #deusébom #soucatolico #soucatolica #avemaria #santaigrejacatolica #mariapassanafrente #jesuscristo #totustuusmaria #totustuusmariae #jesussalvador #soucatólico #jesuseuconfioemvós #jesuseuconfioemvos #divinamisericordia #misericordia

A post shared by Alerta Católico (@alertacatolico) on

POR: ALERTA CATÓLICO