Estas são as novidades do Colégio de Cardeais para este ano de 2020

Igreja

O recém-iniciado ano de 2020 apresentará algumas novidades importantes que afetarão o Colégio Cardinalício.

A mais evidente é a renovação do cargo de Decano, vacante desde a renúncia do Cardeal Angelo Sodano, que havia ocupado este cargo, até agora vitalício, desde o ano de 2005, substituindo o Cardeal Joseph Ratzinger, então eleito Papa Bento XVI.

Em virtude do recente Motu Proprio, assinado pelo Papa Francisco, o sucessor do Cardeal Sodano deverá ser eleito pelos próprios Cardeais membros da ordem episcopal por um período de cinco anos, renováveis eventualmente por outro quinquênio.

Atualmente, o Colégio de Cardeais é formado por 224 purpurados: 124 deles eleitores e 100 com mais de 80 anos de idade e, portanto, excluídos de um futuro conclave.

Além disso, ao longo deste novo ano, quatro cardeais completarão 80 anos e também serão excluídos do próximo conclave para a eleição do Papa.

Esses quatro purpurados são o Cardeal Béchara Boutros Raï, Patriarca de Antioquia dos Maronitas, que completará 80 anos em 25 de fevereiro; Cardeal Agostino Vallini, Vigário Geral Emérito de Sua Santidade para a Diocese de Roma e atual Legado Pontifício para as Basílicas Papais de Assis, que completará 80 anos em 17 de abril.

No dia 29 de setembro, o Cardeal Lorenzo Baldisseri, atual Secretário-Geral do Sínodo dos Bispos, completará 80 anos, apesar de já ter anunciado sua renúncia ao cargo e ser substituído por Dom Mario Grech, atual Pro-Secretário-Geral do Sínodo nomeado há uns meses pelo Papa.

Por último, em 12 de novembro de 2020, o Cardeal Donald William Wuerl, Arcebispo Emérito de Washington, completará 80 anos.

Dessa maneira, os cardeais eleitores no final de 2020 seriam exatamente 120, ou seja, o número máximo de cardeais eleitores estabelecido pelo Papa São Paulo VI em 1975, por isso, não seria necessário um consistório para a criação de novos cardeais.

No entanto, o Papa Francisco celebrou um consistório por ano desde o começo de seu pontificado, por isso, não se descarta que celebre um este ano para criar novos cardeais. Até o momento, o Papa Francisco criou 88 Cardeais procedentes de 56 nações diferentes.

ACI