Evento mostrará como a Igreja Católica salvou milhares do Holocausto

Igreja

A Missão Permanente de Observação da Santa Sé ante as Nações Unidas e a Fundação Pave the Way (PTWF) estão organizado o evento “Recordando o Holocausto: Os esforços documentados da Igreja Católica para Salvar Vidas”, no qual busca recordar as vítimas do Holocausto e discutir os esforços realizados pela Igreja durante a Segunda Guerra Mundial.

O evento acontecerá em 27 de janeiro, Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto e 75º aniversário da libertação do campo de concentração de Auschwitz.

Segundo assinala PTWF em seu site, a fundação busca reunir especialistas sobre o Holocausto, a Segunda Guerra Mundial, o Papa Pio XII e as ações da Igreja Católica nos tempos de guerra, para examinar documentos de arquivo e entender as ações tomadas pelo Pontífice e a Igreja durante esse período.

O fundador de PTWF, Gary L. Krupp, assinalou que “durante muito tempo existiu uma grande quantidade de informação falsa sobre como os católicos, especialmente o Papa Pio XII, enfrentaram as ameaças da Segunda Guerra Mundial”.

PTWF, em sua missão de resolver conflitos, decidiu embarcar em um importante projeto de pesquisa internacional, que finalizou com a redação do livro “O Papa Pio XII e a Segunda Guerra Mundial: A verdade documentada” (Pope Pius XII and World War II- The Documented Truth), comentou Krupp.

O livro descreve as ações de diferentes organizações e forças políticas para ocultar as obras que a Igreja realizou contra o regime nazista.

Entre os participantes do evento estarão o professor de História Contemporânea na Universidade de Cergy-Pontoise, Edouard Husson; o professor de História em Gustav-Siewerth Akademie, Dr. Michael Hesemann; o professor da Faculdade de Direito da Universidade de Mississippi, Ronald Rychlak; entre outros.

O evento acontecerá no Conselho de Administração Fiduciária, na seda da Organização das Nações Unidas, das 15h às 18h, e terá capacidade limitada.

pode acompanhar o evento em vídeo através de United Nations Television AQUI.

Publicado originalmente em ACI Prensa. Traduzido e adaptado por Natalia Zimbrão.