Falece Dom Aldo Pagotto, Arcebispo Emérito da Paraíba, apresentando sintomas de COVID-19

Coronavírus Igreja no Brasil

Na tarde deste 14 de abril, as arquidioceses de Fortaleza (CE) e da Paraíba (PA) lançaram notas de pesar pelo falecimento de Dom Aldo di Cillo Paggoto, quem lutava contra um câncer e faleceu apresentando sintomas de COVID-19.

“Comunicamos com pesar que Dom Aldo di Cillo Paggoto, SSS descansou nesta tarde, 14 de abril, nos braços do Pai. O religioso tinha 70 anos e exercia o ministério no Santuário São Benedito, no Centro, em Fortaleza”, informou a arquidiocese de Fortaleza, na qual residia o religioso.

“Ele enfrentava um tratamento contra um câncer e na noite de ontem, 13 de abril, apresentou dificuldade respiratória e por este motivo foi entubado e transferido para a unidade de terapia intensiva, apresentando sintomas da covid-19”, assinalou a arquidiocese cearense.

“Aos 70 anos, dom Aldo descansa e volta aos braços do Pai. Neste momento de luto, nos solidarizamos com os familiares e irmãos da congregação do Santíssimo Sacramento, da qual ele fazia parte. Assim que possível, traremos informações sobre o velório e sepultamento do nosso arcebispo emérito”, afirma por outro lado a Arquidiocese da Paraíba, a última que Dom Aldo governou.

Segundo o jornal O Povo o bispo se encontrava “em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) com suspeita de Covid-19”.

“O religioso, que travava luta contra o câncer desde 2017, teve grave insuficiência respiratória e foi transferido na segunda-feira, 13, do leito para uma UTI do Hospital da Unimed, no bairro São João do Tauape, em Fortaleza. O falecimento foi confirmado pelo padre Anízio Ferreira, superior local da Congregação dos Padres Sacramentinos”.

“Mais cedo, o padre Anízio Ferreira informou ao O POVO que dom Aldo Pagotto teve um “derrame pulmonar”. Como a situação se agravou, os médicos resolveram entubá-lo. “Ontem à noite a situação ficou delicada e se deu o procedimento”, afirma o diário.

Ainda segundo O Povo online, “Dom Aldo, até o dia 18 do mês passado, estava celebrando missa, todos os dias, internamente na Congregação. Ele faria 71 anos em setembro”.

Em sua nota de pesar pelo falecimento do Arcebispo, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) recordou o prelado com uma breve biografia:

“Dom Aldo di Cillo Pagotto nasceu no dia 16 de setembro de 1949 na cidade Santa Bárbara D’Oeste (SP). Cursou filosofia e teologia no Seminário Diocesano Nossa Senhora do Rosário, em Caratinga (Minas Gerais) e no Seminário São Pio X, com Padres Sacramentinos. Foi ordenado Presbítero em 7 de dezembro de 1977 e sagrado Bispo no dia 31 de outubro de 1997, por Dom Cláudio Hummes, então Arcebispo de Fortaleza. Pastoreou a Diocese Sobral como coadjutor entre 1997 e 1998, depois assumindo como Bispo titular, onde ficou até o ano de 2004. Foi Arcebispo da Paraíba de 2004 a 2016”.

ACI