Franciscanos de Assis relatam 18 casos de coronavírus

Igreja

Enquanto Assis foi amplamente protegido de um grande surto de coronavírus durante o confinamento da Itália, dez frades franciscanos e oito noviços no destino de peregrinação marcante testaram positivo esta semana para COVID- 19

Em 10 de agosto, pe. Enzo Fortunato, porta-voz da comunidade na Basílica de São Francisco de Assis, disse que todos os 18 homens estão isolados e com boa saúde. 

Os primeiros a testar positivo foram os noviços franciscanos que chegaram na Itália na semana passada da França e de outros países europeus para iniciar o ano de noviciado de sua vocação. Fr. Fortunato afirmou que esses noviços recém-chegados não tiveram contato com os peregrinos visitantes de Assis.

“Enquanto desejam uma rápida recuperação, os frades da comunidade continuam seu compromisso rezando e acolhendo peregrinos e turistas”, pe. Fortunato escreveu no site da basílica de Assis na segunda-feira.

A Basílica de São Francisco de Assis, que contém o túmulo de São Francisco, foi reaberta em 18 de maio com medidas de segurança adicionais, incluindo a exigência de máscara. 

A pequena cidade de Assis sofreu economicamente com a perda de turismo. A prefeitura informou que o número de ônibus de turismo que chegam ao morro entre 7 de março e 7 de junho diminuiu 2.751 em relação ao ano anterior. 

Vários eventos estão planejados para acontecer em Assis neste outono, incluindo a beatificação de Carlo Acutis em 10 de outubro e a cúpula internacional “A Economia de Francesco”, que foi adiada para 21 de novembro.

Umbria, a região em que Assis está localizada, teve um dos menores números de casos de coronavírus na Itália, com um total de 1.510 casos em 2020, em comparação com mais de 10.000 na Toscana e mais de 96.000 na Lombardia.

Em toda a Itália neste verão, houve preocupações de que os turistas europeus pudessem espalhar o coronavírus. O ministro da Saúde da Itália, Roberto Speranza, também expressou preocupação com o contágio europeu nesta semana, depois que os italianos testaram positivo para COVID-19 após retornarem de férias na Croácia e Grécia. 

A França relatou 1.695 novos casos diários em 5 de agosto, levando muitas de suas cidades a implementar uma exigência de máscara nas ruas ao redor de destinos turísticos. A Espanha também registrou um aumento nos novos casos de coronavírus e agora tem o maior número de casos totais na Europa Ocidental. 

A Itália relatou 552 novos casos diários de coronavírus em 7 de agosto e 463 novos casos em 9 de agosto, de acordo com seu ministério da saúde.