MP angolano manda encerrar templos da IURD em Angola

Atualidades

O MP de Angola decretou no último fim de semana o fechamento de 4 templos da IURD (Igreja Universal do Reino de Deus) no país, disse a agência de notícias portuguesa Lusa.

“Por despacho do Ministério Público, os templos da IURD em território nacional estão apreendidos e encerrados, só que o processo de selagem está a ser feito de forma gradual”, indicou uma fonte à agência Lusa, acrescentando que só na capital angolana, Luanda, são 211 templos.

Em declaração à Lusa, a Universal se disse “surpresa” com a ordem de fechamento dos templos. Segundo a IURD, ocorriam cultos nos locais quando os oficiais angolanos chegaram ordenando a proibição das atividades.

Este último fim de semana foi o primeiro com cultos liberados em Luanda, capital de Angola, desde março, quando foram impostas medidas de distanciamento social para conter a disseminação do novo coronavírus no país.

Os fechamentos do último fim de semana aconteceram pouco mais de um mês depois da Procuradoria-Geral de Angola impedir o funcionamento de outros sete templos da IURD por “indícios suficientes da prática de delitos como associação criminosa, fraude fiscal, exportação ilícita de capitais, abuso de confiança e outros atos ilegais”, segundo comunicado do órgão na época..

INFOS: UOL // AGÊNCIA LUSA // DIÁRIO DE NOTÍCIAS