O fogo não nos derrubará, afirma arcebispo australiano

Igreja

O Arcebispo de Sydney, Dom Anthony Fisher, pediu aos participantes da Missa no último domingo, 12 de janeiro, que rezem pelo fim dos incêndios na Austrália e destacou que esse fogo testa a coragem, fortalecendo a comunidade.

Os incêndios florestais em Nova Gales do Sul, Victoria e Austrália do Sul mataram pelo menos 28 pessoas e destruíram mais de 2 mil casas. Mais de 10 milhões de hectares foram arrasados ​​pelo fogo.

“Reunimo-nos à sombra de uma seca que durou três anos e de uma temporada de incêndios florestais que já é a mais intensa da história de nosso país”, assinalou o Arcebispo durante a Missa na Catedral de Santa Maria, em Sydney.

Dom Fisher aplaudiu os esforços dos voluntários e ofereceu suas orações por todos aqueles que perderam suas propriedades e pelas pessoas que morreram. “Nossa coragem como comunidade está sendo testada pelo fogo”, assinalou.

“Juntos, rezamos por uma grande chuva que possa limpar nossa terra de destruição e reviver tanto os arbustos como nossos corações”, acrescentou.

Dom Fisher assinalou na festa do Batismo do Senhor que esse “batismo de fogo” tornará a comunidade mais forte do que antes.

“O inferno dessas últimas semanas não consumiu o espírito de nosso povo; sua resistência e bondade foram expostas”.

“Se as águas batismais nos chamam a ideais mais altos e nos purificam para vivê-los, o fogo também pode testar nossa coragem, até refinar o que já existe”, disse. “À medida que nossa nação passa por esse batismo de fogo, pode emergir mais forte e maior do que antes”.

O Arcebispo aplaudiu os esforços humanitários das organizações católicas em todo o país e incentivou os párocos a doarem durante a coleta especial na Missa por Australia Day, em 26 de janeiro.

“As principais agências da Igreja em bem-estar, saúde e educação estão trabalhando com as paróquias locais, os serviços de CatholicCare e as conferências de St. Vincent de Paul para garantir uma resposta coordenada e eficaz”, disse.

“A Igreja na Austrália dirigirá no Australia Day a coleta da Campanha de Incêndios Florestais de St. Vincent de Paul, para que possamos continuar demonstrando nossa solidariedade humana e cristã”.

A Campanha de Incêndios Florestais de St. Vincent de Paul fornecerá às vítimas produtos essenciais, como alimentos ou roupas. Também ajudará as vítimas a cobrir contas imprevistas e oferecer apoio emocional.

A presidente nacional da Sociedade de St. Vincent de Paul, Claire Victory, incentivou as pessoas a doar dinheiro, observando que a organização não tem a “capacidade de classificar e armazenar móveis, roupas ou outros itens adicionais nas áreas afetadas no momento”.

“Estamos presentes, a serviço da comunidade, fornecendo apoio pessoal e encaminhando para serviços profissionais”, disse em um comunicado em 8 de janeiro.

“Atualmente, é necessário dinheiro”, acrescentou. “O dinheiro é a contribuição mais útil no momento.”

Publicado originalmente em CNA. Traduzido e adaptado por Nathália Queiroz.

ACI