Padre uruguaio é o novo secretário particular do Papa

Igreja

O Padre Gonzalo Aemilius, Um sacerdote uruguaio é o novo secretário particular do Papa Francisco. Francisco e o Padre Gonzalo se conhecem e são amigos desde 2006. Foto: Il Sismografo Francisco e o Padre Gonzalo se conhecem e são amigos desde 2006, quando o cardeal Jorge Mario Bergoglio era arcebispo de Buenos Aires.

O então cardeal tinha ouvido falar sobre o trabalho do sacerdote com os jovens que viviam na rua e telefonou para ele para conversarem. O trabalho Padre Aemilius vai desempenhar suas novas funções junto com o Padre Yoannis Lahzi Gaid, atual secretário particular do Pontífice. O novo secretário de Francisco substitui o argentino Padre Fabian Pedacchio, que trabalhou com o Papa de 2013 até dezembro de 2019, quando voltou a exercer o cargo que ocupava antes, na Congregação dos Bispos. Padre Aemilius

O novo secretário do Papa nasceu em uma família bastante rica de Montevideo no dia 18 de Setembro de 1979. Uma avó do Padre Aemilius era judia e seus pais eram não crentes. Gonzalo Aemilius se converteu durante o ensino médio e foi ordenado sacerdote em 6 de maio de 2006. O Padre uruguaio ainda foi diretor do Colégio Jubilar João Paulo II, no Uruguai, e estudou por dois anos teologia em Roma. O encontro de 17 de março de 2013 Pe. Aemilius ficou mais conhecido depois que na manhã de 17 de março de 2013, enquanto o Papa saudava fiéis reunidos fora da Porta Santana, Francisco o viu em meio à multidão e o convidou a segui-lo até a Igreja onde estava para celebrar a sua primeira missa depois da eleição como Pontífice. Ao final da liturgia, o Papa o chamou e o apresentou a todos, pedindo para rezarem por ele e pelo seu trabalho com os jovens de rua.

O jornal do Vaticano, L’Osservatore Romano, entrevistou Padre Aemilius no dia seguinte, ocasião em que ele contou que, ainda quando arcebispo, Bergoglio tinha uma capacidade de integrar valores diferentes, conduzindo-os numa única ação: “ele me ensinou a extrair o melhor que há em cada indivíduo, independente de quanto possa ser diverso de todos os outros, aproveitando para o bem de todos”, disse. (ARM)

Gaudium