Papa nomeia novo Arcebispo de Manaus e Bispo Auxiliar de Anápolis

Igreja no Brasil

O Papa Francisco aceitou nesta quarta-feira, 27 de novembro, a renúncia de Dom Sérgio Eduardo Castriani como Arcebispo de Manaus (AM) e nomeou como seu substituto o então Bispo Auxiliar de Brasília (DF), Dom Leonardo Ulrich Steiner. O Pontífice também fez a nomeação de Padre Dilmo Franco de Campos como Bispo Auxiliar de Anápolis (GO).

Nascido em 31 de maio de 1954, em Regente Feijó (SP), Dom Castriani pertence à Congregação do Espírito Santo e estava à frente da Arquidiocese de Manaus desde 2013. Segundo esta Arquidiocese, o Prelado apresentou seu pedido de renúncia por questões de saúde.

De acordo com a imprensa local, em 2015, Dom Castriani foi diagnosticado com Mal de Parkinson.  A Arquidiocese de Manaus informa que ele permanece como administrador apostólico até o dia da posse de Dom Leonardo Steiner, agendado 31 de janeiro, às 18h, na Catedral Metropolitana Nossa Senhora da Conceição.

O novo Arcebispo de Manaus, Dom Leonardo Steiner nasceu em 6 de novembro de 1950, em Forquilhinha (SC), na Diocese de Criciúma. Ingressou na Ordem dos Frades Menores e, em 2 de agosto de 1976, fez sua profissão religiosa.

Foi ordenado sacerdote em 21 de janeiro de 1978. Estudou Filosofia e Teologia nos Franciscanos de Petrópolis (RJ). É bacharel em Filosofia e Pedagogia pela Faculdade Salesiana de Lorena (SP) e obteve a licenciatura e o doutorado em Filosofia na Pontifícia Universidade Antonianum de Roma.

Depois de seus estudos e de um período como vigário e Pároco, foi Formador no Seminário até 1986 e Mestre de Noviços de 1986 a 1995. De 1995 a 2003, foi professor de Filosofia e Secretário do Antonianum. De volta ao Brasil em 2003, foi vigário da Paróquia do Bom Jesus, na Arquidiocese de Curitiba (PR), e professor na Faculdade de Filosofia do Bom Jesus.

Foi nomeado Bispo Prelado de São Félix em 2 de fevereiro de 2005 e recebeu a ordenação episcopal em 16 de abril do mesmo ano. Mais tarde, em 21 de setembro de 2011, foi nomeado Bispo Auxiliar de Brasília, cargo que ocupava até então.

Dom Steiner também foi Secretário Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) de maio de 2011 a maio de 2019.

Diocese de Anápolis

O Papa Francisco também nomeou nesta quarta-feira como Bispo Auxiliar da Diocese de Anápolis (GO) Padre Dilmo Franco de Campos, o qual atualmente servia como Reitor do Seminário Maior São João Maria Vianney da Arquidiocese de Goiânia.

O Bispo nomeado nasceu em 15 de março de 1972, em Formosa (GO). Estudou Filosofia e Teologia no Seminário Maior Arquidiocesano de Brasília. Foi ordenado sacerdote em 10 de janeiro de 1998, incardinando-se na Diocese de Formosa. Também obteve a Licenciatura em Teologia Moral pela Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma (2003-2005).

em seu ministério sacerdotal, serviu como administrador da Paróquia São Domingos de Gusmão, em São Domingos (1998-1999); administrador da Paróquia Nossa Senhora do Rosário, em Flores de Goiás (1999); administrador da Catedral de Formosa (1999-2002 e 2008-2015); assistente de Pastoral na Paróquia dos Brasileiros em Londres (2005); membro do Colégio dos Consultores e do Conselho dos Sacerdotes; coordenador e professor do Curso de Teologia para Leigos; conselheiro Diocesano para a Pastoral da Família; ecônomo da Diocese; membro da Equipe de Formadores do Seminário São João Maria Vianney da Arquidiocese de Goiânia (2006-2007) e reitor do mesmo.

ACI