Perseguição religiosa na Nigéria: mais um Sacerdote é sequestrado

Igreja na África

Um grupo de homens armados sequestrou nesta segunda-feira, 28, mais um sacerdote no sul da Nigéria. Trata-se do Padre Arinze Madu, vice-reitor do seminário “Rainha dos Apóstolos” em Imezi-Owa, Estado de Enugu.

O diretor de comunicação da Diocese de Enugu, Padre Benjamin Achi, classificou o ato como “terrível” e recordou que este sequestro ocorre dois meses após o assassinato de outro sacerdote da Diocese de Enugu, Padre Paul Offu.
De acordo com o porta-voz da polícia local, as autoridades estão em busca dos sequestradores que, segundo informações, buscaram refúgio na floresta da região.

Em março deste ano, o Padre Clement Rapuluchukwu Ugwu, Pároco da Igreja de San Marco, foi assassinado em Obinofia Ndiuno, na área do governo local de Ezeagu. O sacerdote havia desaparecido da casa paroquial na noite de 13 de março.

Por conta da crescente perseguição religiosa vivida pelos cristãos no país, o presidente da Conferência Episcopal da Nigéria, Dom Augustine Akubeze, Arcebispo de Benin, denunciou “um nível sem precedentes de insegurança”, lembrando, de modo particular, os numerosos casos de sequestros e massacres de civis cometidos em diferentes áreas do país.

Gaudium