Santa Igreja lidera campanha de Banco de Alimentos para combater a fome em Bogotá

Igreja

Sob o lema “Junte-se aos Heróis”, o Banco Arquidiocesano de Alimentos de Bogotá (Colômbia) lançou uma campanha para que pessoas e entidades participem dessa iniciativa cuja missão é combater a fome em populações vulneráveis.

Esta iniciativa da Igreja em Bogotá atende atualmente mais de 61 mil crianças, 22 mil jovens, 24 mil adultos, 10 mil idosos e 47 mil famílias.

Em entrevista à CNA, Pe Daniel Saldarriaga, CEO desde 2001, disse que o objetivo é ter o apoio de mais “heróis” que podem participar de diferentes maneiras para parar o problema da fome.

“Nossa campanha se chama ‘Join the Heroes’ porque identificamos como heróis todos aqueles que querem fazer algo para aqueles que precisam de comida”, disse ele.

Ele acrescentou que o banco considera “heróis” aqueles “que se importam para os setores mais pobres, para hospedar sites para as pessoas em necessidade, das crianças,, drogas dependentes idosos, carentes ou deficientes.”

Por meio dessa campanha, a entidade recebe alimentos, produtos de higiene e higiene pessoal, além de bens e serviços, que são alocados e distribuídos para as ONGs cadastradas no banco.

Para receber esse apoio, as ONGs devem provar que trabalham com uma população vulnerável, descrevendo os benefícios alimentares que fornecem e, por sua vez, devem ser legalmente constituídas.

De acordo com o padre, um herói é aquele que “em vez de jogar produtos que não atendem marketing, entregá-los para levá-los a organizações onde eles podem melhorar as condições de vida e condição de vulnerabilidade.”

Em relação à situação atual das populações famintas na Colômbia, Pe. Salvatierra explicou que existem dois fenômenos que eles encontram em seu trabalho diário.

“Em nosso país, conseguimos apenas aproveitar dois terços do que produzimos, colhemos ou comercializamos, e o resto é desperdiçado. É por isso que na Colômbia estamos contribuindo para o número de pessoas famintas “, alertou.

ACI