Santuário Mariano atrai um milhão de peregrinos, em Angola

Igreja na África

Neste último final de semana, 31 de agosto e 1º de setembro, por volta de um milhão de fiéis se reuniram no Santuário de Nossa Senhora da Conceição, carinhosamente chamada por “Mamã Muxima”, localizado em Luanda (Angola).

Os devotos participaram da décima nona edição da tradicional peregrinação ao Santuário considerado por muitos como o maior espaço de devoção Mariana da África Subsariana.

Desde os tempos mais remotos esse espaço se tornou um importante centro de cristianização, sendo o local onde os africanos eram batizados antes de serem enviados como escravos para diversos países, sobretudo para as Américas.

Além disso, era um importante espaço devocional para os povos cristãos nativos, que logo reconheceram a Senhora da Muxima como autora de muitos milagres.

A romaria deste ano, que teve por lema ‘Com Maria, celebremos a fé em Jesus Cristo’, reuniu peregrinos da Angola e de outros países, que compartilharam experiências de oração e foram exortados durante as catequeses, a renovarem sua Fé e assistência social.

A Missa de encerramento foi presidida pelo Bispo da Diocese de Viana, Dom Emílio Sumbelelo, que em sua homilia ressaltou que os fiéis apresentam a Nossa Senhora suas alegrias ao mesmo tempo que confiam suas preocupações, na certeza de encontrar junto dela a consolação para não desanimar.

Os peregrinos presentes se mostraram visivelmente satisfeitos e renovados após esse exercício de Fé, já se preparando para a próxima peregrinação, que ocorrerá no ano de 2020.

Gaudium