Seminaristas são assaltados no México, país que vive onda anticlerical

Igreja

Um grupo armado interceptou e assaltou um grupo de seminaristas da diocese mexicana de Tlaxcala, no dia 24 de setembro.

A Diocese de Tlaxcala assinalou em um comunicado que o assalto ocorreu na região de Huixcolotla, no estado de Puebla, “onde oito seminaristas iam a cada quinze dias para solicitar apoio na Central de Abastecimento dessa comunidade”.

“Antes de chegar, foram parados por um grupo armado que os reteve junto com os dois veículos que utilizavam”, assinalou a diocese mexicana.

Os seminaristas foram finalmente libertados em terremos próximos à localidade de Acatzingo, também em Puebla, e “felizmente não receberam nenhum dano físico”.

“Todos estão bem e no seminário”, assinalou a Diocese de Tlaxcala.

“No entanto, os criminosos levaram uma caminhonete e um carro compacto”, assinalou.

A diocese mexicana agradeceu às autoridades “por seu apoio e atenção para realizar os devidos processos legais. Esperamos que os veículos sejam recuperados em breve e que a situação tão difícil que todos vivemos seja superada”.

“Rezamos pela paz do nosso país”, concluiu.

ACI