Bispos italianos defendem a presença de crucifixos em salas de aula

Uma série de polêmicas declarações do Ministro da Educação, Lorenzo Fioramonti, contra a presença de crucifixos nas salas de aula foi fortemente rejeitada pelos Bispos da Itália através de um editorial de seu jornal oficial, Avvenire. O texto recordou o estreito vínculo entre a identidade italiana e a Fé cristã e citou a resposta do Secretário geral da Conferência Episcopal Italiana, Dom Stefano Russo, e do Arcebispo de Milão, Dom Michele Pennisi, às declarações.

Continue lendo...