Ministério Público do RJ pede retirada do especial de Natal blasfemo da Netflix

Após uma ação coletiva de autoria do Centro Dom Bosco, uma entidade católica do Rio de Janeiro, a procuradora Barbara Salomão Spier emitiu parecer favorável à retirada do especial de Natal “A primeira tentação de Cristo”, de autoria do grupo Porta dos Fundos, exibido com exclusividade na Netflix. A petição salienta ainda a importância de fazê-lo de maneira antecipada devido à época natalina e assim evitar a ofensa à fé de milhões de brasileiros às vésperas de uma das principais datas do Cristianismo.

Continue lendo...