Massacre de Srebrenica: para o Papa João Paulo II foi um crime e uma “derrota da civilização”

Em 11 de julho de 1995, em nome da “limpeza étnica”, 8.373 bósnios, entre os quais muçulmanos, adolescentes e idosos, de todas as idades, foram massacrados em Srebrenica, no leste da Bósnia e Herzegovina, pelo exército sérvio. O autor deste massacre, Ratko Mladič, foi preso, após quinze anos de fuga, e condenado à prisão perpétua, no final de 2017, pelo Tribunal Penal Internacional para a ex-Jugoslávia, por “genocídio e crimes contra a humanidade”.

Continue lendo...

Primeira igreja construída na Havana comunista será dedicada a São João Paulo II

 A primeira igreja construída em Havana após a implantação do comunismo está dedicada a São João Paulo II. Encontra-se nos arredores da capital e é uma construção muito discreta, apesar das dificuldades que enfrentam para sua construção, a pequena comunidade católica não desiste de seus esforços para terminá-la e realizar o sonho de ter um templo para se reunir.

Continue lendo...