Tem início em Roma exposição com objetos e fotografias de São João Paulo II

Igreja

Por ocasião do centenário do nascimento de Karol Wojtyla, foi inaugurada em Roma uma exposição com objetos, fotografias e esculturas de São João Paulo II.

A exposição ficará aberta ao público até 2 de abril de 2021, aniversário de falecimento de São João Paulo II.

Entre os objetos expostos estão duas relíquias de São João Paulo II (sangue e cabelo), um manuscrito original de duas audiências papais, uma casula usada durante seu pontificado, uma cópia de seu anel e outros objetos que vêm do Museu dos Papas, fundação por Ivan Marsura.

Além disso, há esculturas em tamanho real feitas pelo artista Albano Poli, como “João Paulo II sofrendo” para a Catedral de Ancona (Itália) e um busto de bronze feito para a Catedral de Havana (Cuba).

As fotografias fazem parte do arquivo de Giancarlo Giuliani, que durante muitos anos acompanhou o Pontificado de São João Paulo II, e algumas de sua filha, Alessia, que mostram o Santo Padre e a vida da Igreja.

A iniciativa é patrocinada pela Embaixada da Polônia ante a Santa Sé e pela fundação vaticana João Paulo II.

A exposição fica na Galeria Arte Poli (Borgo Vittorio 88), próximo à Praça de São Pedro. A entrada é gratuita e o horário de funcionamento é de terça-feira a sexta-feira, das 10h às 13h e das 14h às 18h.

Publicado originalmente em ACI Prensa. Traduzido e adaptado por Natalia Zimbrão.